7 dicas para criar uma estratégia de marketing digital eficaz

Confira 7 dicas para criar uma estratégia de marketing digital eficaz e que vão te ajudar a gerar mais vendas, conquistar novos clientes e aumentar a visibilidade do seu negócio.
No dias atuais, o marketing digital torna-se quase que obrigatório, tanto é que muitas empresas que atuam tanto no mundo online quanto no off-line tem aderido a ele como ferramenta principal para melhorar o posicionamento da sua marca, captação de novos clientes e para o aumento da receita. E com cada vez mais empresas surgindo, ano após ano, o marketing digital te ajudar a sair na frente dos concorrentes.
Confira a seguir algumas dicas para criar uma estratégia de marketing digital eficaz. São dicas simples e que podem ser implementadas por qualquer empreendedor, empresário, autônomo ou profissional liberal para ajudar no crescimento do seu negócio.
O poder dos vídeos no marketing online
Hoje os vídeos são ferramentas obrigatórias em qualquer estratégia de marketing digital, já que, com o crescimento de site como o Youtube, cada vez mais pessoas preferem assistir um vídeo do que ler um texto. Logo, não existe razão para não incluir vídeos em suas campanhas.
Campanhas de marketing pela internet por meio de vídeos no Youtube, Facebook ou mesmo Twitter geram ótimos resultados para o seu negócio, seja por meio de criação de vídeos para cada uma dessas mídias ou por meio de anúncios nelas. Se o seu anúncios for cativante, divertido ou contar com um conteúdo de alto valor para o visitante, as chance de retorno (inscrição em formulário, cliques em links, compras, etc.) serão ainda maiores.
Importância do funil de vendas
Ter um funil de vendas para sua estratégia de marketing digital é de extrema importância, pois é por meio dele que você vai conseguir ir moldando o seu visitante até transformá-lo num lead e em seguida num cliente. Os 4 pontos fundamentais do funil de vendas são: atrair, converter, gerar vendas e fidelizar esse cliente. Para isso você irá incentivando-o, através de estratégias de marketing online, a ir mudando de posição, usando iscas digitais, conteúdo de valor, ofertas, etc.
Veja um exemplo de funil de vendas abaixo:
Como você viu, o funil de vendas funciona por meio de etapas, ou seja, desde quando o cliente é apenas um visitante, passando para alguém interessado no seu conteúdo, em seguida ele descobre que tem um problema, depois busca a sua solução. O processo é bem mais extenso que isso, mas de um modo resumido ele funciona assim. É importante ressaltar que nem todos os visitantes se tornarão clientes.
Use o poder dos blogs
Além dos empreendedores digitais, muitos profissionais liberais e empresas hoje tem aderido ao poder dos blogs em suas campanhas de marketing pela internet, seja para melhorar sua presença online, expandir sua carteira de clientes ou aumentar seu volume de vendas. Um exemplo disso é a empresa Magazine Luiza, que conta com um blog que se iniciou em 2009 e traz bastante conteúdo de valor para atrair visitantes.
Um blog é parte forte da sua campanha de marketing digital, pois quando você cria conteúdo de valor e do interesse do seu público alvo (pessoas que você quer alcançar) e que seja otimizado com técnicas de SEO, isso ajuda a aumentar o tráfego orgânico do seu blog (visitantes que chegam até ele por meio de buscar no Google, Yahoo ou Bing), o que vai te gerar visitantes que tenham interesse no que você ou sua empresa oferecem
Remarketing no Facebook e Google AdWords
Remarketing é que uma ferramenta presente no Facebook Ads e no Google AdWords que deixa um cookie no navegador do usuário que visita seu anúncio e passa exibir esses anúncios para eles em sites que possuam anúncios, é aquele famoso “parece que esse anúncio está me seguindo”.
O remarketing não só vai render um grande retorno sobre seus investimentos, como também ajudará com a exposição da sua marca, levando a melhores taxas de conversão e fornecendo um orçamento flexível, o que levará a uma estratégia de marketing digital mais eficaz.
CTA: não se esqueça da chamada para ação
Muitos empreendedores, empresários ou profissionais liberais que estão começando a trabalhar com estratégia de marketing digital no seu negócio, tem artigos ótimos num blog, uma campanha sensacional nas redes sociais, mas acabam se esquecendo da chamada para ação (CTA), que é uma parte fundamental do seu funil de vendas em marketing online.
A chamada para ação (CTA, sigla do inglês “Call To Action”) pode ser uma imagem ou texto no seu site, anúncio, post em redes sociais ou, se você tem um e-commercer, é o próprio botão “comprar” ou o “adicionar ao carrinho” existente na sua loja virtual. O CTA te ajuda a convencer o visitante a realizar a ação que você quer, como: se inscrever na sua lista de e-mail, assistir um vídeo, acessar um conteúdo ou página de vendas do produto ou serviço, baixar um arquivo gratuito em troca do e-mail para contato, realizar uma compra, dentre outros.

 

O CTA também pode uma ferramenta eficaz para se conseguir leads (clientes qualificados) para o seu negócio, já que você pode trabalhar e-mail marketing com ele, como citamos antes, aumentando suas chances de conversão.